Quem é o Servo? Quem é o Amo?

Muito interessante e, até certo ponto curioso, observarmos um fenômeno paradoxal no relacionamento atual da humanidade com o ETERNO. Ao estudarmos a TANACH constatamos que D'US "recrutava" o homem para os SEUS propósitos; D'US chamava - havia o Chamado de D'US na vida do homem. Hoje vemos o homem recrutando D'US para os seus interesses pessoais. Afinal, seja feita a vontade de D'US ou a vontade do homem? O homem está (continua) a serviço de D'US ou D'US está a serviço do homem? Quem está mandando no "jogo"? Pessoalmente acho incrível o homem armar sua jogada como em um tabuleiro de xadrez e pensar que pode assim condicionar ou levar D'US a mover as peças no sentido previsível que ele espera. Ledo engano! Não se choque pois D'US pode virar o jogo com tabuleiro, você e tudo.
 
Rabi Eder Pinheiro (Pastor e Profeta)