Mensagens‎ > ‎

LUZ

postado em 25 de dez de 2011 19:03 por Usuário desconhecido
Quando eu estive em Belém (de Efrata), hoje território da Palestina, fui tomado de uma emoção muito forte. 
Conhecer o local do nascimento de YESHUA, centro de peregrinações de todo este mundo seria um momento único de significado ímpar para mim. 
Uma monumental igreja católica foi construída no local da Natividade e naquela atmosfera austera, cheirando a incenso vi centenas e centenas de pessoas, em silenciosa oração, aguardando sua vez de descer por uma íngreme escada que leva ao interior da gruta (no subsolo do altar) onde Maria dera à luz ao Senhor YESHUA. 
Senti que a compreensão do Nascimento de YESHUA dentro de nossos corações, compreende um momento íntimo de cada pessoa buscando dentro de si mesmo o local mais profundo do seu ser onde conseguirá estabelecer uma conexão espiritual com Aquele que há de trazer o renascimento da vida em cada um de nós; quando assim por ELE buscarmos em espírito e em verdade. 
Uma estrela no chão marca o local do santo nascimento, como se contrapusesse àquela estrela que um dia brilhou nas alturas do Céu anunciando o evento celestial que na terra ocorreria. Por acaso seria hoje na terra um sinal do que um dia futuramente também ocorrerá nos Céus? 
Em volta lâmpadas de diversos formatos como se atestassem ao mundo físico e espiritual que luzes saíram daquele local para iluminar os confins da terra, e no centro há azeite que as pessoas se ungem com ele. O azeite que na Tanach diz quebrar todo jugo. 
ESTRELA DE LUZ QUE TIRA O PESO NA TERRA, foi isto que o interior da gruta, o local do nascimento de YESHUA, gritou ao meu coração me arrancando lágrimas como se tivesse rompido uma represa dentro do meu peito. Um choro com dor, mas uma dor calma, serena que se fundiu com o burburinho das orações e com a fumaça de incenso que tomava e formava todo aquele lugar. 
De todos as formas o fator luz está presente tanto para as comemorações de chanukah como para as comemorações do natal de YESHUA, não importando a inexatidão de datas, mas sim a relevância da confluência da fé de todos os corações sinceros que compreendem que D'US não deixou nem deixa faltar o azeite para que Sua Luz permaneça sempre acessa dentro de cada um de nós. 
E a LUZ DE D'US É E SEMPRE SERÁ YESHUA HA MASHIACH! 

Graça e Bênção!
Eder Pinheiro - www.comunidademakadesh.com
Comments