Mensagens‎ > ‎

A GRANDE NAÇÃO DE D’US

postado em 28 de mar de 2011 18:43 por Usuário desconhecido
O que teria querido D’US dizer ao patriarca Avraham (Abraão) quando lhe revelou que lhe faria uma “grande nação”? E que correspondência tem esta revelação com Yisrael e com a Igreja nos dias de hoje?
 
Não podemos responder por D’US, mas ao que nos parece, na nossa humilde condição pessoal de percebermos o ETERNO, é que a delimitação geo-política, social e religiosa não fazia parte da concepção destas palavras reveladas por D'US a Avrahan. Percebemos que a universalidade demonstrada ao patriarca através da ‘figura de linguagem’ onde D’US fez alusão às estrelas do Céu como sinal do cumprimento de Sua promessa, continha em si uma amplitude muito maior que só voltamos a entender muitos séculos depois quando YESHUA pediu aos seus seguidores que estendessem Sua Sã Doutrina até os confins da Terra.

Dois extremos são percebidos nestas sentenças do ETERNO quanto à tomada da Terra para a implantação de Seu Reino (Sua Grande Nação):
. Uma que veio de YAHWEH para o Seu seguidor Avrahan no entendimento conotativo de um céu estrelado;
. Outra que veio de YESHUA para os seus seguidores no entendimento conotativo de toda a terra (até seus confins) receber Seu Evangelho.
 
Em ambas as situações, percebemos o propósito de D’US em abraçar toda a humanidade, toda a Terra nos Seus Estatutos Eternos. D’US usa nestes dois momentos, separados por séculos, o Céu e a Terra para transmitir Seu propósito mais amplo e abrangente para todo nosso planeta e toda a humanidade. Cremos que a Unicidade Divina pretende gerar uma unidade da humanidade mesmo que seus integrantes conservem suas culturas e estilos próprios, mas todos sob uma mesma égide que seja a d’ELE, conhecendo e cumprindo com Seus Estatutos Eternos. É a tomada da Terra por D'US!
Extrapola, portanto, a constituição geopolítica de qualquer país e a constituição socioreligiosa de qualquer igreja.

Quando Avrahan recebeu a revelação a respeito da similaridade da palavra com o Céu não havia o 'país' Yisrael. Semelhantemente quando os seguidores de YESHUA receberam a revelação a respeito da similaridade da palavra com os confins da Terra não havia 'igreja'. A Voz de D'US, nestes dois momentos, comprova que ELE determinou e determina acima das constituições e instituições humanas. Suas determinações são "aconstitucionais" e "ainstitucionais". Pois, não conserva em si os parâmetros e definições tão cartesianas e lineares próprias das estruturas do pensamento humano que não consegue perceber a amplitude das Palavras de D'US sem escapar da tendência de explicar a Sabedoria de D'US conforme a relativa filosofia humana.

Portanto, o país e a igreja que mais se ajustarem a D'US, estes sim serão partes integrantes e importantes na formação da Nação de D'US nesta Terra. Historicamente percebemos uma certa expectativa por Yisrael, mas ele que se cuide a tempo e desperte logo. Concomitantemente não percebemos numa expectativa por igreja alguma. Todos os países, todos os povos e todas as igrejas podem alcançar a grandeza do cumprimento destas Palavras Divinas (as de D'US para Avrahan e as de YESHUA para os seguidores) de ser SUA GRANDE NAÇÃO. Apressemo-nos, a largada foi dada e o tempo urge!

Nas duas ocasiões foram homens fiéis seguidores que as ouviram, portanto o Plano de D'US para a tomada do Planeta começa a partir do homem: de mim e de você! Não para nós mesmos segundo nossas tendenciosas pretensões e construções humanas (quer sejam países ou igrejas), mas sim, TOTALMENTE para ELE!

Shalom! Pastor Eder Pinheiro – www.comunidademakadesh.com
Comments