A Inveja

Sou freqüentemente argüído sobre a inveja à luz das Escrituras. A Tanach nada esclarece sobre isto apenas citando algumas ocorrências. Considero que o invejoso sofra de complexo de superioridade/inferioridade nos piores níveis, e quando vê no outro algo que não consegue aceitar, por achar que tal só caberia a ele, descarrega sua indignação íntima de formas doentias; a esta descarga dou o nome de inveja.
Invejosos são doentes, sofrem de um egoísmo em nível paranóico, e precisam de remédios que os curem; por mais amargos e dolorosos que sejam. Normalmente são cercados de aduladores que alimentam sua personalidade complexada e suas reações doentias que podem ferir, humilhar, desprezar e magoar produndamente suas vítimas. Nos casos mórbidos podem oferecer sérios riscos aos invejados.
Os invejosos são capazes de planos elaborados e dissimulados de vinganças e desforras. Gostam de distorcer as verdades, são sofistas por natureza. Também são difamadores e caluniadores eloqüentes pelas costas raramente aceitando uma confrontação pessoal com o invejado.
Como os invejosos são pessoas de personalidade doentia e de caráter mal formado, melhor afastar deles e entregar a tarefa de tratamento a alguém não invejado por eles, porque em nada poderão contribuir para o bem de sua vida. Ore a D'US por eles, cancele e anule suas "descargas emocionais" e se mande. Shalom!
 
Pastor e Profeta Eder Pinheiro